Translate

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Um debate recorrente e mal abordado (como sempre), pela “grande mídia”.

Por Jota Dias e João Holanda.

No último dia 11, Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos, entrou pela porta principal da Catedral de Campinas, sentou-se pouco depois da entrada, durante a missa, e após pouco tempo iniciou a sequência de vinte disparos com arma de fogo contra as pessoas que ali estavam. 


Segundo divulgado, Sidnei Vitor Monteiro, de 39 anos, José Eudes Gonzaga Ferreira, de 68, Cristofer Gonçalves dos Santos, de 38, e Elpídio Alves Coutinho, de 67, morreram dentro da igreja. Heleno Severo Alves, socorrido, morreu um dia depois no Hospital Mário Gatti. Outras três pessoas ficaram feridas. 


Imediatamente, a nossa conhecida mídia, em especial a “dedicada” Folha de São Paulo, inicia seus trabalhos para suscitar a necessidade do desarmamento civil, ligando o fato ao ideário da já conhecida narrativa desarmamentista. Dentre as manchetes, temos “Ataque reacende debate sobre porte e posse de armas no país”, com subtítulo “Presidente eleito, Jair Bolsonaro prometeu revogar o Estatuto do Desarmamento”. Uma rápida pesquisa no Google, é temos um punhado de arautos jornalísticos com esta premissa chamativa em seus cabeçalhos.


Os já desgastados esteriótipos anti-armas incluídos no debate sobre a necessidade do desarmamento atingem os incautos de forma tão fatal para a inteligência, quanto foram os tiros de Euler para os inocentes que ceifou, imantando o fato para um viés político, ideológico e enviesando o fato para tentar impor uma demagogia forçada aos que defendem a flexibilização do registro e porte de armas. Sim, aproveitam a tragédia para condenar as vítimas. Façamos a ligação entre público majoritáriamente defensor da flexibilização do estatuto do desarmamento e aqueles que foram, via de regra, eleitos para representá-los. Isso, conservadores e liberais. 


Este link jornalístico que insistem em criar, atinge diretamente as próprias vítimas. Católicos e demais cristãos, em especial os que foram atacados pelo doente criminoso (já fizeram essa análise) são comparados indiretamente, com o exaustivo levantamento de perfil do atirador ensandecido. As várias ligações que fizeram, colocando-o como um esteriótipo do machismo, do racismo, religioso e etc., criam um sopão confuso que culmina em uma única mensagem de segundo plano: “Você de direita, cristão, veja o monstro que cria!” - Um nítido espantalho, para angariar audientes convencidos a colocar um pé atrás contra valores que amparam a visão destra?


Sim, poderia parecer uma comparação forçada, mas vale esclarecer que não merece crédito, uma narrativa que tenta imputar à tragédia um cenário que seria causado pelo enquadramento midiático de um (sendo eufêmico), perfil de um homem com transtornos mentais. Um certo jornalista chegou inclusive a dizer que o crime era “Um sinal divino para o desarmamento”. 

Talvez falte aos jornalistas, algumas referências bíblicas sobre o armamento. Sim, também é algo que falta aos cristãos, mas a responsabilidade sobre a notícia sobrepõe, neste caso, a responsabilidade sobre a própria fé ou religião. Se algum jornalista de verdade, chegar a ler estes prolengômenos e tiver suficiente curiosidade, que leia e busque exegese sobre Êxodos, 15.1; Jó, 2.11 e 13-15; Lucas 22.35-38 e 11.18; Efésios 6.17; Filipenses 4.21-22. Todas passagens bíblicas em que as armas são admitidas, no antigo e no novo testamento.

Da próxima vez que forem falar sobre religião (em especial a cristã) e desarmamento, poderão cometer erros outros, mas não o de coligar esteriótipos que supostamente definam pessoas com divergência política com a religião que elas seguem, como se fossem vítimas de seus princípios mas não de uma política fracassada feito a do desarmamento. Que a desculpa seja apenas o mau caráter e não a ignorância.


quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Leo Moraes se aliaria ao PC do B?

Opinião, por Jota Dias (Coordenador Municipal MBL Porto Velho)

Navegando pela net, deparei-me com uma uma notícia que me saltou aos olhos. No diário da amazônia, uma suposta chapa composta por Leo Moraes (PODEMOS) e Elis Regina (PC do B) estaria sendo cotada para disputar a Prefeitura de Porto Velho em 2020. 

Embora o autor não revele sua fonte, apenas informando se tratar de "comentários nos bastidores políticos", não consigo imaginar por que motivo o Deputado Federal mais bem votado de 2018 iria se aventurar em uma eleição desgastante e desnecessária, aliando-se a um partido portador da tragédia e em sentido contrário a todo desenvolvimento que o mundo vem apresentando. 

Aliar-se ao PC do B não só demonstraria completa vocação sádica como também evidenciaria a falência do bom-senso e o enterro de Porto Velho.

Para as eleições de 2020, a capital rondoniense precisa de um candidato alinhado aos princípios que têm mostrado resultado ao redor do mundo. Um Prefeito com coragem para desaparelhar toda a máquina pública, repleta de corrupção e ineficiência. Alguém que siga à risca os ensinamentos de Frédéric Bastiat e defenda a vida, a liberdade e o patrimônio. 

No final das contas, um Prefeito que não atrapalhe já é um ótimo começo. Enquanto isso, seguimos com as especulações especializadas de Porto Velho.

Deixamos a página à disposição para esclarecimentos do Deputado eleito, de forma que busquemos a verdade e não "conversas de bastidores".



Conheça o Movimento Brasil Livre - RO 

https://www.diariodaamazonia.com.br/mais-que-maquiavelico/

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

URGENTE: GAECO FAZ BUSCAS NO GABINETE DO DEPUTADO ADEMIR BIER DO PSD

A Gaeco realizou uma operação nesta manhã mirando o deputado estadual do Paraná Ademir Bier do PSD. Foram realizadas buscas no gabinete do deputado dentro da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e endereços ligados a ele. 

Segundo noticiado pela imprensa, a Gaeco está investigando um sistema de propina entre médicos e empresários para furar a fila do Sistema Único de Sáude (SUS).

Ao todo foram expedidos pela justiça 44 mandados de busca e apreensão e 12 de prisão temporária em todo o estado, sendo que um dos mandados de prisão temporária era para Lourival Aparecido Pavão que já foi assessor de Ratinho Junior.


quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

REVÉS: EQUIPE DE BOLSONARO SUSPENDE PRIVATIZAÇÃO DOS CORREIOS

OPINIÃO -  Segundo noticiado pela imprensa, a estatal Correios não será privatizada e será subordinada ao Ministério da Ciência e Tecnologia. Nos parece que essa decisão foi uma bola fora do futuro governo, pois se tinha uma estatal que tinha que ser privatizada  com máxima urgência, esta era a agência dos Correios. A estatal vem apresentando nos últimos anos péssimo desempenho que faria qualquer empreendedor da iniciativa privada pedir sua falência.

Como podem querer manter uma estatal que além de gerar um enorme prejuízo anual, presta também um dos piores serviços aos consumidores, sem falar do preço exorbitante para o envio de uma simples carta, sendo que muitas das vezes o serviço sequer é efetivado.

Na verdade, parece que a estratégia dos políticos da velha guarda deu certo, pois as vésperas de passar a cadeira presidêncial Michel Temer nomeou como presidente dos Correios o general Juarez Aparecido de Paula, de ideologia socialista, mas com grande influência no futuro governo, tanto é que conseguiu impedir ou ao menos retardar a privativação da empresa, o que ele havia prometido aos funcionários do Correio quando assumiu a estatal.

Fonte 01 - Antagonista

Fonte 02 - Gazeta

Fonte 03 - O Globo

Fonte 04 - Antagonista

por Pierre Lourenço.





A família Bolsonaro e seus segredos

A operação da Furna da Onça desencadeada recentemente trouxe duas informações dadas pelo COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) que podem ser um começo de crise do futuro governo Bolsonaro e merecem explicações.
Segundo informado pelo jornal Estadão verificou-se que um ex-assessor de Flávio Bolsonaro teria movimentado cerca de R$ 1.200.000,00, valores estes incompatíveis com sua renda.
Já o editorial Antagonista informou que esse ex-assessor teria passado um cheque de R$24 mil reais a Michelle Bolsonaro, futura primeira dama.
O que será que está acontecendo no mundo dos Bolsonaros, filantropia? Mera tentativa de sonegação fiscal? Corrupção? Ou será tudo um mero engano?
Fonte 01
Fonte 02
Fonte 03 - Folha.Uol




quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Advogado detido por ordem do ministro Lewandowski pedirá o impeachment do ministro

O advogado Cristiano Caiado de Acioli participou hoje de uma entrevista no programa Café com Jornal e declarou que pretende entrar com o processo de impeachment contra o ministro Ricardo Lewandowski do STF.

Foi dito pelo advogado na entrevista que “... gostaria de ver o impeachment do ministro Lewandowski e eu vou até o final nisso. Ele não tem o decoro para ocupar este cargo. A toga é muito pesada para ele”.

Como todos sabem, foi amplamente divulgado pela imprensa ontem o fato que o advogado foi detido por ordem do ministro Lewandowski simplesmente porque disse que "... o STF é uma vergonha", isso durante um voo até Brasília.

Engraçado que ontem mesmo o referido ministro estava participando de mais um julgamento que pretendia a concessão de liberdade ao Lula, do qual ele já votou em vários outros recursos do Lula a favor da liberdade do mesmo. No entanto, o ministro Lewandowski no mesmo dia pediu a prisão de um advogado que somente exerceu seu direito de liberdade de expressão.

Conclusão, para o ministro Lewandowski soltar bandido corrupto pode, mas exercer o direito de liberdade de expressão não e se o fizer será preso.


Advogado detido por ordem do ministro Lewandowski pedirá o impeachment do ministro

O advogado Cristiano Caiado de Acioli participou hoje de uma entrevista no programa Café com Jornal e declarou que pretende entrar com o processo de impeachment contra o ministro Ricardo Lewandowski do STF.

Foi dito pelo advogado na entrevista que “... gostaria de ver o impeachment do ministro Lewandowski e eu vou até o final nisso. Ele não tem o decoro para ocupar este cargo. A toga é muito pesada para ele”.

Como todos sabem, foi amplamente divulgado pela imprensa ontem o fato que o advogado foi detido por ordem do ministro Lewandowski simplesmente porque disse que "... o STF é uma vergonha", isso durante um voo até Brasília.

Engraçado que ontem mesmo o referido ministro estava participando de mais um julgamento que pretendia a concessão de liberdade ao Lula, do qual ele já votou em vários outros recursos do Lula a favor da liberdade do mesmo. No entanto, o ministro Lewandowski no mesmo dia pediu a prisão de um advogado que somente exerceu seu direito de liberdade de expressão.

Conclusão, para o ministro Lewandowski soltar bandido corrupto pode, mas exercer o direito de liberdade de expressão não e se o fizer será preso.


segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Sérgio Moro palestra na Espanha e defende Bolsonaro

O futuro ministro Sérgio Moro afirmou em palestra na Espanha que não enxerga Bolsonaro como risco a democracia.

"É até estranho dizer isso, mas não vislumbro no presidente eleito um risco de autoritarismo ou risco à democracia. Não se está aqui simplesmente trocando uma posição ideológica autoritária por uma posição autoritária de sentido contrário. O presidente eleito durante as eleições, reiteradamente, fez afirmações acerca do seu compromisso com a democracia e com o estado de direito", afirmou Moro.

Sérgio Moro disse ainda que para ele o principal motivo do impeachment de Dilma foi a corrupção na Petrobras.

"Em 2016, houve o impeachment da presidente [Dilma]. Ela sofreu impedimento por razões envolvendo principalmente, segundo o Congresso, fraudes orçamentárias. Mas, na minha opinião, o real motivo foram os crimes havidos na Petrobras, e isso não poderia ser utilizado como motivo porque o presidente do processo de impeachment [Eduardo Cunha] estava envolvido no processo criminoso."
Fonte




URGENTE: O MINISTÉRIO DO TRABALHO SERÁ EXTINTO E SÉRGIO MORO FISCALIZARÁ SINDICATOS

De acordo com o Antagonista, o ministro extraordinário da transição de governo e futuro ministro da Casa Civil, deputado Onyz Lorenzoni, disse em entrevista a rádio gaúcha nesta segunda-feira que o Ministério do Trabalho será extinto, sendo suas atividades divididas em três pastas distintas que ficarão subordinadas ao Ministério da Justiça, Ministério da Cidadania e Ministério da Economia.

O futuro ministro Sèrgio Moro fiscalizará a atuação dos sindicatos através do Ministério da Justiça. Enquanto o ministro Paulo Guedes, do Ministério da Economia, ficará encarregado da questão de geração de empregos e o ministro Osmar Terra, do Ministério da Cidadania, ficará possivelmente encarregado da atuação de programas sociais ligados a área do trabalho e emprego.


sábado, 1 de dezembro de 2018

Ideologia de gênero: Mãe quer que a justiça autorize a mudança de sexo de seu filho de 6 anos.

O jornal Gazeta do Povo noticiou na edição de 28.11.2018 que uma mãe americana trava batalha judicial nos EUA para que seja autorizado a mudança de sexo de seu filho de apenas 06 anos.

Segundo a matéria, o pai não quer que seja realizado o procedimento contra seu filho e informou que quando o filho está com ele age naturalmente de acordo com o seu sexo biológico. No entanto, a mãe sempre o tratou como menina e desde os 03 anos de idade veste a criança com roupas de menina. 

Tal fato nos faz refletir de como é perversa a ideologia de gênero, que nada mais é do que de alguma forma tentar manipular a sexualidade da criança para um gênero diverso de seu sexo biológico.

A imposição ou permissão de que uma criança, no auge de sua imaturidade e inocência, utilize roupas do sexo oposto e assimile trejeitos por influência externa, é uma das formas de se implementar a ideologia de gênero e sexualizar uma criança em um período em que a prioridade deveria ser a sua formação educacional, moral e cívica. 

por Pierre Lourenço.

Fonte

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Deputado Francischini pode ser cassado

OPINIÃO - O Ministério Público Eleitoral (MPE) propôs  ação contra o deputado Francischini do PSL requerendo a cassação do mandato e sua inegibilidade por 08 anos por ter ele postado uma denúncia de suposta irregularidade das urnas eletrônicas no dia das eleições.

A nosso ver, esta denúncia está carregada de viés político, uma vez que a postagem do deputado no dia das eleições apenas relatava uma possível irregularidade ou até mesmo crime praticado durante o pleito eleitoral.

Se o MPE quer punir o deputado por ter exercido o seu dever cívico de denunciar possível irregularidade nas urnas eletrônicas, obviamente é  porque o representante do MPE preferiria que as denúncias fossem silenciadas, mesmo quando existia uma probabilidade de serem verídicas.

Então, qual seria o propósito de um representante do MPE querer impedir uma denúncia de fraude nas urnas? De não querer investigar possível irregularidade nas urnas? 

Será que essa ação é apenas uma retaliação ao deputado por ter confrontado o sistema ou realmente o MPE acredita que existe motivo para cassar o deputado que apenas queria a lisura dos votos eletrônico? 

Acho que nunca saberemos as respostas!

Fonte

por Pierre Lourenço.


Bolsonaro quer tratamento humano ao índio

O presidente eleito Bolsonaro questionou a distribuição desproporcional de terras a indígenas, uma vez que existem reservas com o tamanho duas vezes maior que o estado do RJ para uma tribo de apenas 09 mil índios. 

Ele pretende ainda conceder um tratamento humanitário aos índios, com direitos e deveres, diferente dos governos anteriores que os teriam tratado como animais em zoológico.

Ninguém quer maltratar o índio. Na Bolívia, tem um índio que é presidente. Por que no Brasil devemos mantê-los reclusos em reservas como se fossem animais em zoológicos? O índio é um ser humano igualzinho a nós”, disse Bolsonaro.

Fonte


Ministério Público quer manter o auxílio-moradia mesmo após a concessão de aumento salarial

A Procuradora Geral da República  (PGR), Dra. Raquel Dodge, recorreu da decisão do ministro Luiz Fux do STF que revogou a liminar que concedeu o auxílio-moradia indiscriminadamente a todos os juízes, promotores e defensores públicos, a fim de que seja permitido o pagamento do benéfico, mesmo após a sanção da lei do aumento salarial. 

Relembrando, nesta semana o presidente Michel Temer sancionou a lei de aumento salarial dos ministros do STF que, por conseguinte, aumenta a remuneração de todos os membros do Poder Judiciário e demais servidores públicos, isso após ele ser chantageado pelo ministro Luiz Fux que condicionou a revogação da liminar que concedia o benefício se o presidente desse o aumento salarial. 

Contudo, o Ministério Público parece quer manter o auxílio-moradia de aproximadamente  $ 5 mil reais cumulativamente com o aumento salarial de aproximadamente $ 10 mil reais.

Fonte

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

URGENTE: GOVERNADOR PEZÃO DO RJ É PRESO

Foi realizada a poucos instantes mais uma fase da operação Lava-jato que tinha como objetivo a prisão do governador Pezão do RJ. Segundo o MPF Pezão teria recebido cerca de 40 milhões em propina durante os últimos anos.

Fonte

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

"Tão logo implementada a recomposição, o auxílio cairá" - Negociata, chantagem ou ato normal?

OPINIÃO - No dia 12 de novembro de 2018, em matéria realizada pela jornalista Mariana Oliveira, da TV Globo Brasília, o ministro Luiz Fux do STF, relator do processo que trata do auxílio-moradia que concede cerca de 05 mil reais, por mês, para todos os magistrados do Brasil, teria afirmado que cairia a liminar que concedeu (sobre o auxilio-moradia) assim que fosse concedida a recomposição (aumento salarial de 16%).

Segundo consta na matéria divulgada pela Globo.com o ministro teria dito:

"Os juízes não receberão cumulativamente recomposição e auxílio-moradia. Tão logo implementada a recomposição, o auxílio cairá".

Para você leitor, o que essa fala acima do ministro significa? Uma negociata, chantagem ou ato normal de um magistrado?

Como todos sabem, está nas mãos do presidente da República Michel Temer a proposição que garantiria o aumento salarial dos ministros do STF e, consequentemente, de todos os servidores públicos do país, existindo um grande clamor popular para que ele vete a proposta. No entanto, do lado oposto temos a movimentação do Poder Judiciário para que seja sancionada a proposta de aumento salarial, o que não tem nada de errado, a princípio.

Contudo, a declaração realizada há poucos dias pelo ministro Fux foi absurda, ainda mais vindo de um ministro da Suprema Corte, sendo uma verdadeira institucionalização da venda de sentenças, uma vez que está claramente chantageando o Chefe Máximo do país ao condicionar a queda do auxílio-moradia com o aumento salarial, isto é, com a revogação da liminar que concedeu o auxílio-moradia indiscriminadamente para todos os magistrados.

Não é só um ato imoral, anti-ético que por si só justificaria a demissão, a bem do serviço público, do ministro Fux, como também esse ato permitiria a instauração de um processo criminal pela suposta prática do crime de contra a administração pública, em razão da chantagem realizada contra o presidente da República. 

Ademais, com essa declaração o ministro Luiz Fux deixou claro que não existe fundamentos jurídicos para a manutenção da liminar que concede o auxílio-moradia, pois se houvesse ele não declararia que "o auxílio cairá" na hipótese do presidente da República sancionar a proposta de aumento salarial.

Agora, a pergunta que se faz é a seguinte: se o ministro Fux faz uma chantagem dessas contra o presidente da República por meio da imprensa oficial, o que ele não faria dentro dos gabinetes silenciosos do STF?

Se aqui fosse os EUA, certamente o ministro já estaria afastado do cargo, e sem vencimentos, mas como aqui é o Brasil teremos que aguardar ele se aposentar.

por Pierre Lourenço.

domingo, 25 de novembro de 2018

MÉDICOS BRASILEIROS PREENCHEM MAIS DE 96% DAS VAGAS DEIXADAS PELOS CUBANOS

De acordo com o Ministério da Saúde já foram preenchidas 8.230 vagas por médicos brasileiros, correspondendo isso mais de 96% das vagas deixadas pelo programa Mais Médicos após a rescisão do contrato por Cuba que se recusou a atender as exigências feitas pelo presidente eleito Bolsonaro que queria o pagamento integral do salário aos médicos cubanos; a comprovação da qualidade de médico pelo exame Revalida; e, a permissão de trazerem suas famílias. 

Bolsonaro conseguiu com isso três feitos: 1. O Brasil não vai mais financiar ditadura comunista; 2. Gerou mais de 08 mil vagas de trabalho para brasileiros; 3. Conseguiu injetar na economia brasileira mais de R$ 01 bilhão de reais por ano, já que os médicos receberão 100% do salário. 


sábado, 24 de novembro de 2018

GENERAL MOURÃO PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO BRASIL

Já nas primeiras semanas como presidente Bolsonaro será obrigado a se ausentar para a realização da cirurgia para retirada da bolsa de colostomia. 

Em razão disso, o General Mourão assumirá a presidência da República para que aqueles que são saudosos da ditadura se alegrem, e para aqueles que estão traumatizados (só os comunistas) se desanimem.

Contudo, não se preocupem comunistas, pois será por poucos dias.

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

URGENTE: É RECEBIDA NOVA DENÚNCIA CONTRA A CÚPULA DO PT

Segundo fontes da Globo.com o juiz Vallisney Oliveira recebeu denúncia contra a cúpula do PT por terem praticado diversos crimes contra a administração pública, corrupção e lavagem de dinheiro, relacionados com o Ministério de Minas e Energia, Petrobrás, Construtoras Odebrecht, Andrade Gutierrez, OAS e UTC, e J&F/BNDES.

Na denúncia consta como réus Lula, Dilma Rousseff, Antônio Palocci, Guido Mantega e João Vaccari Neto.

O juiz Sérgio Moro nem tomou posse do Ministério da Justiça e o PT já está tendo grande revés, imaginem então quando ele tomar posse, possivelmente não sobrará político do PT para os Lulistas votarem nas próximas eleições.


LULA: NOBEL DA PAZ 2019, SERÁ?

A senadora Gleisi Hoffmann publicou em suas redes sociais que o ativista argentino Adolfo Pérez Esquivel está tentando oficializar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o Prêmio Nobel da Paz em 2019.

Ainda, segundo o blog Brasil de Fato desde a última semana, o ativista argentino Adolfo Pérez tem trabalhado para reunir assinaturas de indivíduos que se encaixam nos critérios estipulados pela organização a fim de oficializar a candidatura e 400 mil pessoas já aderiram à campanha desde o ano passado.

Só faltava essa, o presidiário ganhando o Nobel da Paz!

Fonte




quinta-feira, 22 de novembro de 2018

NOMEAÇÃO DE MINISTRO DA EDUCAÇÃO MOSTRA MAIS UMA VEZ QUE O PT E GLOBO SÃO CONTRA EVANGÉLICOS

Mais um palpite errado da Globo e do PT. Não é a toa a cada dia ambos perdem mais ainda a credibilidade e afundam no mar de lama.

Hoje a Globo fez mais uma matéria tendenciosa insinuando que o presidente eleito Bolsonaro teria a necessidade de pedir autorização do pastor Silas Malafaia para nomear o Ministro da Educação, informando a matéria que estava sendo indicado o nome do procurador do MPF Guilherme Schelb para o cargo.

Para completar o petista Fernando Haddad postou no facebook a referida matéria com a seguinte mensagem "O fim da laicidade da escola pública".

Pois bem, isso tudo deixou duas mensagens subliminar. Primeiro, que o PT e a Globo são descaradamente contra os evangélicos e os acham incapazes de realizar qualquer função pública. Segundo, que são mal informados, já que erraram o ministro que seria nomeado.

Agora a noite Bolsonaro indicou o professor e filósofo de origem colombiana Ricardo Beleza Rodriguez como novo Ministro da Educação. Fonte 01
Fonte 02

BOLSONARO ESTUDA CONVIDAR SENADORA ANA AMÉLIA PARA UM MINISTÉRIO

Segundo o Antagonista a senadora Ana Amélia do PP, que foi candidata a vice-presidente da chapa de Geraldo Alckmin do PSDB, está sendo sondada por Bolsonaro para assumir a pasta do Ministério das Comunicações. Eles se reuniram hoje e ela é uma forte candidata para o cargo.

Se Bolsonaro nomear a senadora acertará em cheio, visto que ela sempre defendeu as mesmas bandeiras do presidente eleito e ainda por cima estará indiretamente fazendo uma aliança partidária com o PP.

Agora, para os milhões de bolsominios que criticaram irracionalmente a senadora pelo fato dela ter apoiado o Geraldo Alckmin no primeiro turno, esses bolsominios que não entendem nada de política terão que engolir seco a decisão de Bolsonaro.

MACRON QUER DEVOLVER OBRAS DE ARTE AOS AFRICANOS, MAS NÃO DIZ NADA SOBRE AS RIQUEZAS MINERAIS!

O presidente Emmanuel Macron da França declarou que pretende devolver todas as obras de arte saqueadas do continente africano durante o período colonial.

A atitude é nobre, mas parece que quer apenas descartar peças que não querem mais e estão acumulando teias de aranha nos museus de Paris, ou será que realmente devolverá as relíquias da África como os sarcófagos do Egito, as jóias dos antigos reis e as ossadas de milênios atrás.

Se quer fazer política reparativa o presidente Macron deveria mesmo é devolver o ouro, os diamantes e demais riquezas extraídas da África, mas aí entraria num ciclo sem fim, pois não existe nação no mundo que um dia foi explorador e noutro dia foi explorado, tornando todos os países ao mesmo tempo credores e devedores um do outro.

Além do mais, o que dirão os franceses se o presidente Macron realmente restituir as verdadeiras riquezas saqueadas ao longo dos séculos? Será que eles concordarão em abrir mão do que conquistaram e reduzir o seu patrimônio?Fonte 

JUIZ ORDENA QUE TIREM O NOME DO LULA DE ESCOLA

Mais um revés para os adoradores do Lula. O juiz Ricardo Gagliardi da comarca de Colméia - TO acolheu pedido do Ministério Público e ordenou que o Município de Couto Magalhães retire o nome do ex-presidente Lula de uma escola municipal. Realmente 2018 está sendo difícil para os Lulistas.

Segue trechos da sentença do processo de n° 0000627-56.2018.8.27.2714 do TJTO.

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

DILMA E CIA. IMPERIALISTAS COMUNISTAS EM HOTEL 5 ESTRELAS DE B.A.

Realmente é muito bom ser comunista, é claro, quando se é o líder comunista, já que sabemos que a plebe sequer tem o direito de ver a família ou de receber mais do que 30% do salário, conforme nos ensinou a experiência dos médicos do sistema Imperialista Ditatorial de Cuba.

De acordo com o Antagonista, os líderes supremos do Imperialismo Comunista do Brasil estão hoje hospedados num hotel de 05 estrelas Alvear Art Hotel, em Buenos Aires.

Agora pensem, se Guilherme Boulos do Psol, Dilma Rousseff do PT e Manoela D'Avilla do PC do B, que perderam as eleições estão com essa vida de marajá, imaginem se tivessem ganhado as eleições.

HADDAD ATRIBUI DERROTA AOS EVANGÉLICOS

O candidato do PT Fernando Haddad acabou de afirmar em coletiva de imprensa que se ele tivesse tido a mesma proporção de votos dos evangélicos, igual a proporção de votos que teve dos não-evangélicos, ele teria ganho as eleições, afirmando ele que agora trabalhará neste seguimento (evangélicos) para futuras eleições.

Nunca saberemos se o voto dos evangélicos foi realmente determinante para a derrota do petista Haddad, embora concordemos que teve um peso considerável nestas eleições os votos dos evangélicos, ainda mais depois que as lideranças das maiores igrejas se manifestaram contra o PT e a favor do Bolsonaro.

Agora, os evangélicos devem ficar de olhos abertos para não caírem novamente no conto do PT que, pelo que podemos captar do discurso do Haddad, virão como um cordeiro inocente, mas que na verdade é um lobo disfarçado querendo apenas seus votos.

Por fim, tudo que se planta colhe, como o PT optou por ter apoiado todas as reivindicações das ditas "minorias" nos 13 anos de governo, até as pretensões mais espúrias que atacavam frontalmente os valores cristãos, princípios ético-morais e a família tradicional, acabou o PT comprando uma rejeição insuperável da agora "maioria" dos brasileiros.

por Pierre Lourenço.
Fonte


Juiz federal manda prender 10 pessoas ligadas à máfia do pedágio em Ji-Paraná

A Polícia Federal faz nesta manhã uma devassada na prefeitura de Ji-Paraná - RO prendendo várias pessoas supostamente ligadas à uma organização criminosa relacionado a máfia dos pedágios. 

Foram expedidos 10 mandados de prisão preventiva que serão cumpridos ainda hoje por ordem do juiz da 2° Vara Federal.

Fonte

terça-feira, 20 de novembro de 2018

MPF INVESTIGA PROGRAMA MAIS MÉDICOS

Segundo O Antagonista, o Ministério Público Federal - MPF finalmente resolveu entrar com uma medida judicial para apurar irregularidades no programa petista Mais Médicos.

Segundo fontes do MPF: “A real aplicação dos valores bilionários repassados pelo Brasil (somados ultrapassam R$ 4 bi) é imprecisa, porque os planos de trabalho não estabelecem metas, estratégias ou resultados a serem alcançados e as prestações de contas apresentadas pela OPAS não identificam exatamente em quais despesas são gastos os recursos." 

Outro ponto apurado pelo MPF é  o valor do salário que tanto virou notícia nos últimos dias: "A ação relata também a disparidade dos valores pagos aos médicos cubanos em relação aos de outra nacionalidades participantes do programa. Embora a OPAS receba R$10.000,00 por profissional integrante da iniciativa, é de conhecimento público que os valores não são inteiramente repassados aos médicos, ficando boa parte retidos com o governo cubano.

Mais um revés para os ditos socialistas, comunistas, esquerdistas e demais trupes que de alguma forma coadunam com o desperdício de dinheiro público e ignora a corrupção. 



IDOLATRAR CHE É ASSINAR ATESTADO DE DESUMANIDADE

É muito provável que você já tenha visto aquele amigo descolado com uma camisa do Che Guevara. Eu, na limitação de minha adolescência, já fui idiota o suficiente. De forma sucinta e clara, deixarei dez motivos para que você possa orientar seu coleguinha a não passar essa vergonha em público. 

1- Che Guevara tinha Stalin como ídolo, ditador soviético responsável por cerca de 43 milhões de mortes. 

2- Em 1962, Che orientou os jovens a pensar como massa e atuar em favor de seus dirigentes SUPREMOS. 

3- O Senhor Guevara criou o primeiro campo de trabalhos forçados em Cuba. Seu intuito era “educar os imorais”. 

4- Os campos de concentração abrigavam gays, católicos, testemunhas de Jeová, alcoólatras, membros do candomblé e, mais tarde, portadores de HIV. 

5- Che achava o ódio um sentimento nobre. Tanto que é autor da seguinte frase: “um povo sem ódio não pode triunfar”. O terrorismo era algo comum na visão dele. O mesmo incentivava que “a guerra deveria ser levada a casas, a lugares de diversão.” 

6- Um conflito nuclear era um dos maiores sonhos do argentino Guevara. Ele chegou a dizer que o povo cubano seria reduzido a cinzas e utilizado como alicerce para uma nova sociedade. O que poucos sabem é que o covarde Che perguntou ao embaixador soviético se havia abrigo antiaéreo na embaixada soviética em Cuba para se esconder. 

7- Che foi responsável por, pelo menos, 104 mortes. Executou anticomunistas, companheiros rebeldes e até mesmo um garoto de 12 anos. A mãe do menino implorou por piedade. Nomeou um rapaz de 23 anos, sem formação em direito, para condenar seus desafetos. 

8- Enquanto era Ministro da indústria de Cuba, “Chezinho” obrigou trabalhadores a trabalhar nas férias. Obviamente não havia remuneração extra. 

9- Quando foi Presidente do Banco Nacional, Che expulsou todos os economistas que ele possuía suspeita. Sua atuação foi um desastre, colaborando com o aceleramento do colapso econômico de seu país. 

10- Che considerava os Estados Unidos como os grandes vilões do mundo. Adotou uma forma de governo diferente: estatizou empresas, invadiu propriedades e, na crise, emitiu moeda. O resultado foi desastroso: Cuba é um dos raros países que diminuíram o consumo de alimentos nas últimas quatro décadas. 

Ao encontrar aquele amigo comuna, lembre-se desses 10 fatos. Um personagem contra a humanidade, com ódio, contra os trabalhadores e um completo fracassado à frente da pasta econômica. Se você quer aprender como destruir uma nação, basta aprender com Che. 

Fonte: Guia politicamente incorreto da América Latina (69 fontes utilizadas pelo historiador Leandro Narloch).

por Jota Dias, coord. do MBL de Porto Velho.



MINISTRO REJEITA AÇÃO QUE PRETENDIA SUSPENSÃO DO AUMENTO SALARIAL

Obviamente o ministro Lewandowski do STF rejeitou a ação que objetivava a suspensão do aumento salarial dos ministros do STF é, consequentemente, aumento da remuneração de todos os juízes, promotores, defensores públicos e demais servidores de todo o país. 

Se o ministro foi um dos defensores do aumento salarial como é que ele poderia julgar essa ação? Aliás, como é que qualquer juiz poderia julgar uma ação nesse sentido se eles são os beneficiados com a lei? 

Seria o mesmo que mandar o cachorro faminto guardar  o pedaço de bife de seu dono que está em cima da mesa.

Fonte 

DEMARCAÇÃO DE TERRAS QUILOMBOLAS ATRAPALHA EXPANSÃO DA BASE AÉREA DE ALCÂNTARA

Demarcação precipitada de terras quilombolas no Maranhão realizada pelo governo petista está atrapalhando interesses nacionais de expansão da base aérea de Alcântara.

A divergência dura alguns anos, tendo em vista que a aeronáutica pretende ampliar sua base aeroespacial para lançamento de foguetes em 12 mil hectares, no entanto, encontra resistência pelo fato de ter sido demarcado na região circunvizinha 78 mil hectares para um pouco mais de 03 mil famílias quilombolas. 

O presidente eleito declarou que pretende atender a demanda da aeronáutica, e que isso gerará oportunidade de emprego para essas famílias quilombolas, conforme informado pelo UOL.


segunda-feira, 19 de novembro de 2018

NOBLAT COMPARA BOLSONARO A HADDAD

O jornalista Noblat mais uma vez faz uma declaração desvirtuada, com o objetivo de difamar seu desafeto Bolsonaro, ao tentar comparar o processo que o mesmo responde no STF com os processos que o Haddad do PT responde na justiça comum.

Como todos sabem, Bolsonaro foi processado por prática de incitação ao crime de estupro, no entanto, qualquer pessoa de inteligência mínima sabe que o contexto do fato não condiz com a acusação, bastando é claro que a pessoa se desaposse da ideologia macabra da esquerda para chegar a essa lógica conclusão. 

Diferente do Bolsonaro, Haddad é acusado por várias irregularidades praticadas durante o seu mandato de prefeito de SP, havendo, inclusive, o episódio do qual se apura o superfaturamento da pista de ciclismo cujo metro quadrado do alfasto foi mais caro que se utilizasse o mármore mais nobre em toda extensão da obra.

Com o histórico de crimes de corrupção praticados por toda cúpula do PT, podemos imaginar que o Haddad tenha incorrido nos mesmos erros, nas mesmas práticas delituosas, mas que só no final dos processos criminais que correm contra o mesmo poderemos confirmar.

Portanto, foi leviana a colocação do Noblat que nada mais fez que dar mais um chilique pela derrota nas urnas de seu candidato da esquerda.


 


MARINA FAZ PEDIDO AO MINISTRO SÉRGIO MORO

Marina Silva, candidata derrotada à presidência da República pelo partido REDE, percebendo os novos ares que surgiram com a eleição de Bolsonaro, realizou em seu Twitter pedido inédito ao futuro super-ministro da Justiça, Sérgio Moro, que o mesmo não permita a corrupção por grilagens de terra.

Agora, quando ela poderia pedir uma coisa dessas, combate a corrupção, durante os governos petistas de Lula e Dilma!!!

Vamos ver se a Marina Silva nos surpreenderá com mais pedidos inéditos para o novo governo antes de chegar o período de recolhimento programado da candidata que, por volta dessa época, costuma se ausentar até as próximas eleições presidenciais.

CUBA PUNE FAMÍLIA DE MÉDICO DESERTOR.

Como já era esperado a ditadura cubana começou a punir os familiares dos médicos que optaram por permanecer no Brasil. Dessa vez a punição foi sobre a cabeça da vice-ministra de saúde de Cuba, Márcia Cobas Ruiz, que foi destituída do cargo porque seu filho médico resolveu permanecer no Brasil, segundo conta Crusoé. Como a família do médico ocupava cargo na alta cúpula do governo cubano, eles não conseguiram esconder a retaliação.

Mas podem ter certeza, haverá punições muito mais graves e severas contra os familiares dos médicos que optarem por ficar no Brasil, só que dificilmente tomaremos conhecimento, ante o controle da mídia existente em Cuba. 

Fonte



CANADÁ: NOVA ROTA DOS VICIADOS

Há aproximadamente um mês o Canadá liberou a comercialização da maconha em seu território, no entanto, o país já está enfrentando o desabastecimento da droga, tendo sido narrado pelos comerciantes que a procura foi muito maior do que esperavam.

Tal fato nos faz chegar as seguintes conclusões:

1. Que a legalização do comércio da maconha fez surgir mais viciados, isto é, pessoas que antes não consumiam a droga por ser ilícita, mas que com a legalização passaram a consumir;

2. Que o desabastecimento da droga nos comércios legalizados fomentará a procura da droga nos meios informais, ou seja, os viciados continuarão comprando com os traficantes;

3. Que os traficantes, armados e perigosos, continuarão atuando, haja vista que somente eles fornecem as demais drogas ilícitas e com o preço a baixo custo, ante o não recolhimento de imposto;

4. Que a procura das drogas mais pesadas e ilegais deverá aumentar nos próximos anos, considerando que a maconha é a droga considerada mais leve que, com o uso contínuo, reduz o seu efeito, fazendo com que o viciado busque por drogas mais fortes;

5. Aumento do desemprego e criminalidade, em razão do fato de que os viciados não conseguem cumprir suas atividades profissionais, acarretando na sua demissão, e para manter o vício começam a praticar pequenos delitos.

Em breve veremos como essa história terminará, ou o Canadá revogará a lei, ou destruirá sua sociedade.

por Pierre Lourenço.

Fonte   


PSOL QUER PROIBIR OS COTONETES

O vereador Toninho Vespoli do PSOL inacreditavelmente apresentou um projeto de lei querendo a proibição de comercialização de cotonetes na cidade de São Paulo, sob a argumentação de que o mesmo gera lixo danoso ao meio ambiente.

Se for pensar desta forma, então que se fechem as fábricas, demitam os funcionários e que todos vegetem em suas casas para preservar o meio ambiente.

E pensar que tem gente que elege esse tipo de político que a sociedade banca e ainda é obrigada a ouvir essas idéias esdrúxulas.

Fonte


ALERTA DE ALEXANDRE BORGES

Muito bem observado por Alexandre Borges, com esse discurso genérico da esquerda de que os eleitores do presidente eleito Jair Bolsonaro seriam racistas, os verdadeiros racistas se camuflam no meio da multidão. 

Infelizmente, a esquerda que diz combater a intolerância e preconceito cria cada dia mais sentimento de ódio gerando a ruptura da sociedade brasileira.

TRAFICANTE É EXPULSO DO PARAGUAI

O plano do traficante Marcelo Piloto que matou covardemente uma mulher na prisão na semana passada para tentar evitar sua extradição para o Brasil parece que não deu certo. 

Ele tinha declarado que a pena de homicídio no Paraguai é uma piada, de apenas 10 anos, e certamente por isso se viu encorajado a cometer esse crime bárbaro, sendo certo que se ele retornasse ao Brasil acabaria isolado no presídio federal por algumas décadas. 

Contudo, graças a agilidade do presidente paraguaio, Marcelo Piloto está sendo deportado para o Brasil, pois se o presidente fosse usar as instâncias normais do Poder Judiciário o traficante acabaria ficando no Paraguai por mais alguns anos até o término do julgamento desse último crime, sendo certo que até lá ele já teria fugido da prisão.

 Fonte Globo

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

A QUEDA DO IMPÉRIO DITATORIAL CUBANO: A REVOLUÇÃO DOS MAIS MÉDICOS

Nesta semana a ditadura de Cuba optou por rescindir o contrato do programa Mais Médicos firmado com o governo do Brasil, em 2013, pela então presidente Dilma Rousseff, mesmo sabendo que o mesmo rendeu para a ditadura algo em torno de 08 bilhões de reais em apenas 05 anos, sendo que 70% dessa receita foram de fato destinadas para o governo cubano, ou melhor, ao alto clero da ditadura que goza de todos os luxos e mordomias, enquanto 99% da população cubana vive na miséria.

A postura da ditadura cubana embora tenha parecido precipitada, nada mais fez do que se antecipar a uma medida que certamente o governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, seria obrigado a fazer assim que tomasse posse, uma vez que Cuba jamais atenderia as condições apresentadas por Bolsonaro para a manutenção do contrato que seria: 1. O pagamento integral do salário dos médicos cubanos; 2. Permissão para trazerem suas famílias (cônjuge e filhos); e, 3. A realização do exame Revalida para verificação da aptidão do médico.

Embora as três condições propostas por Bolsonaro sejam incrivelmente simples aos olhos de qualquer pessoa que viva numa sociedade livre, isso para a ditadura cubana seria o começo do fim de seu ‘Império’, haja vista que se pagarem a totalidade do salário aos médicos cubanos, que seria algo em torno de R$ 11 mil reais, ao invés dos R$ 03 mil reais que pagam hoje, isso afetaria todo o sistema de castas estabelecido na cartilha marxista do Manifesto Comunista.

Caso esses 08 mil médicos cubanos que laboram no Brasil e tantos outros milhares de médicos cubanos que participam de programas similares em outros países recebessem 100% do salário, eles se tornariam membros da classe dominante de Cuba, só que desvinculada ao Partido Comunista e desvinculada aos militares, sendo mais grave ainda para aquele regime ditatorial o fato desses médicos conhecerem o quão bom é viver num mundo livre onde podem exercer o direito de escolha sem perseguições.

Para Cuba isso é inadmissível, já que no sistema de castas que criaram toda a população deve se manter na miséria, mantendo-se as regalias apenas para 01% da população que ocupa as funções chaves dentro do Governo, do Partido Comunista e das Forças Armadas.

Obviamente que os líderes da ditadura de Cuba não tem interesse em fazer esse movimento acolhendo as proposições do Bolsonaro, já que representaria um risco para a manutenção de seu ‘Império’, sendo esta a palavra certa para tratar do governo de Cuba, posto que só neste tipo de sistema de governo é que poderia subsistir uma ditadura por tantos anos. Então, quando os ditadores cubanos chamam os EUA de governo ‘Imperialista’, entenda-se que na verdade eles estão se referindo a si mesmos que impuseram um império ditatorial na ilha caribenha.

Não obstante o governo de Cuba tenha preferido renunciar a verba de alguns bilhões de reais por ano para não correr o risco de ver seu sistema de casta ruir, o que acarretaria na destruição do ‘Império Ditatorial Cubano’ pelos motivos acima expostos, acreditamos que mesmo assim a ditadura de Cuba está com os seus dias contados, isto porque perdeu um dos seus principais financiadores com a queda do governo do PT no Brasil.

Além da questão financeira, Cuba enfrentará nos próximos meses um verdadeiro problema de âmbito de direito internacional provocada por esta rescisão do contrato do programa Mais Médicos decorrentes dos pedidos de asilo políticos que, certamente, centenas de médicos cubanos irão requerer ao governo brasileiro e, segundo Bolsonaro, serão todos aceitos em seu governo.

O problema não decorre do pedido de asilo em si, mas sim das retaliações que o ‘Império Ditatorial Cubano’ irá realizar contra esses desertores. A história nos mostrou que toda vez que um cubano fugia de seu país a nado tentando chegar as praias do México ou dos EUA, ou cubano esportista que pedia asilo ao país que sediava os Jogos Olímpicos, todos esses cubanos eram punidos por meio de suas famílias, sendo essas famílias vítimas de toda sorte de desgraças por ordem do Imperialismo Cubano.

Contudo, até hoje nunca tivemos a possibilidade de milhares de cubanos já estarem em outro país e com a possibilidade de terem seus pedidos de asilo político acolhidos, o que possivelmente acontecerá nos próximos meses e afetará milhares de cubanos membros das famílias desses asilados, já que o ‘Império Ditatorial Cubano’ possivelmente os retaliará, gerando um impasse internacional de grande escala por violação a Declaração Universal dos Direitos do Homem.

Se de fato vier a ocorrer essa retaliação em massa por Cuba contra os milhares de familiares dos médicos cubanos que se asilarem no Brasil, os organismos internacionais não poderão se calar, nem os governos irão se isentar, iniciando-se a ruína do Império Ditatorial Cubano.

por Pierre Lourenço.


AUXÍLIO-RECLUSÃO É UM INCENTIVO À BANDIDAGEM

Em um cenário o qual se luta por menos gastos públicos, a população recebe um novo dado chocante: 2,1 BILHÕES de Reais foram gastos com auxílio-reclusão, de 2015 até a presente data. Pra complicar ainda mais a situação, o valor do teto mensal do referido auxílio é, nada mais - nada menos, que R$ 1.292,43, ou seja: quase 26,19% maior do que o salário mínimo. A previsão é que os gastos com esta “benesse” do Estado cresça ainda mais. No período de 2016 a 2017 o aumento com este tipo de gasto ultrapassou a casa de 10%.

Diante de uma previsão tão caótica como esta, é impossível não se lembrar da respeitável frase de Friedrich Hayek: “Quanto mais o Estado planeja as coisas, mais difícil fica o planejamento para os indivíduos." A ideia que serviria para não desamparar a família do delinquente serve como incentivo para o cometimento de novos delitos. 

É verdade que o benefício não é de natureza assistencial e, sim, de natureza previdenciária, pois, conforme a lei Lei 8.213/91, apenas aqueles segurados que contribuíam para o INSS até a época da ocasião de sua prisão possuem o respectivo direito. 

O que de fato deve ser levado em consideração e ser pauta de discussão é: o Estado vem falhando miseravelmente no combate à violência, à desigualdade social e ao combate à pobreza. Conseguimos ser mais socialistas que China e Rússia, ao ocuparmos a 140° colocação no ranking de liberdade econômica, de tal forma que fica extremamente difícil colocar em prática a magnífica reflexão de que o “melhor programa social é o emprego”. 

A criminalidade aumenta, a corrupção aumenta, o desemprego aumenta e aqueles que desejam aventurar-se no mundo do empreendedorismo se escondem diante da demonização do empreendedor. No Brasil, o poste mija no cachorro. Viva o incentivo à bandidagem, o Estado tem feito tudo direitinho para caminharmos ao abismo.

por Jota Dias, coord. do MBL de Porto Velho.



quarta-feira, 31 de outubro de 2018

SURGIMENTO DOS BOLSOMINIOS E AMOEBAS.

Todo radicalismo é prejudicial, pois assim como uma dosagem exagerada de um remédio pode tornar a cura de uma enfermidade em uma nova doença; a dosagem exagerada de uma idéia pode tornar uma boa proposta em uma péssima idéia.

O segredo é a ponderação, aplicando-se a dosagem certa caso a caso, a fim de evitar o surgimento de novas enfermidades sociais.

Nos partidos políticos vimos surgir nos últimos anos três grupos de radicais que deixaram as bandeiras ideológicas dominarem o campo das idéias sufocando qualquer posição contrária: os Bolsominios, os Amoebas e os Lulistas.

Esses três grupos surgiram de pessoas que não praticam a ponderação e querem impor sua bandeira ideológica a todo custo, seja os Bolsominios querendo impor as bandeiras do Bolsonaro; seja os Amoebas querendo impor as bandeiras do partido Novo do Amoedo; seja os Lulistas querendo impor as bandeiras do PT.

Obviamente não devemos generalizar, pois apenas um percentual de membros de cada um dos grupos se enquadram como radicais e merecem essas classificações, embora o percentual de Lulistas seja muito maior.

Trazemos essa reflexão com o objetivo de evitar a propagação desse tipo de doença social que acarretou na permanência do PT por tantos anos no poder, em decorrência dos petistas que se radicalizaram transformando-se em Lulistas que passaram a ignorar toda corrupção praticada pelos dirigentes do partido e continuaram votando cegamente na quadrilha do PT.

Portanto, fiquemos atentos aos Bolsominios e Amoebas para que não se tornem nos futuros Lulistas que foi a maior doença social que surgiu nos últimos anos no mundo.

por Pierre Lourenço.



sábado, 13 de outubro de 2018

É CRISTÃO O DISCURSO DE 'ÓDIO' DO BOLSONARO?

Muitas pessoas estão criticando cristãos por apoiarem o Bolsonaro sustentando que o discurso dele é avesso ao cristianismo.

Todavia, todo o discurso do Bolsonaro que alegam ser de ódio, este é reservado aos bandidos e se refere apenas a um maior endurecimento das penas, de forma que venha representar uma verdadeira punição aos infratores.

Ademais, ser cristão não representa passar a mão na cabeça de bandidos, muito menos representa uma ausência de punição, tanto é que o próprio Deus já advertiu que punirá os pecadores lançando-os no mar de fogo e enxofre.

"E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde estão a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre" (Apocalipse 20:10).

Veja que Deus que é Santo e misericordioso castigará todos os pecadores com um sofrimento eterno com chamas que nunca se apagarão. Então, não tem razão o discurso dessa turminha 'paz e amor' que é contra o Bolsonaro.

Por fim, segue abaixo versículo da Bíblia que discrimina quem são os pecadores para Deus e que serão lançados no fogo para o sofrimento eterno.

"Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos que se prostituem, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte" (Apocalipse 21:8).

por Pierre Lourenço.


terça-feira, 2 de outubro de 2018

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM O CANDIDATO A GOVERNADOR RATINHO JUNIOR

No dia 1º de outubro de 2018 realizamos uma entrevista exclusiva com o candidato ao cargo de governador do PR, Ratinho Junior, do PSD, que respondeu todas as perguntas do blog Nas Entrelinhas da Política.

A entrevistadora Denise de Souza, coord. do MBL, extraiu do candidato seu posicionamento quanto ao projeto de Lei Escola Sem Partido, bem como a questão do aborto e do porte de armas.

O candidato também apresentou suas propostas quanto a questão das estradas e pedágios que está sendo alvo de investigação pelo Ministério Público, além de ter passado alguns projetos para fomentar a economia.

Por fim, o candidato informou sua opção de voto para a presidência da República, tanto para o primeiro turno, quanto para o segundo turno.

Assista através do link: Entrevista Ratinho Junior


segunda-feira, 1 de outubro de 2018

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM O CANDIDATO A GOVERNADOR DO PARANÁ OGIER BUCHI

No dia 27 de setembro de 2018, o candidato a governador do Paraná, Ogier Buchi do PSL, concedeu uma entrevista exclusiva ao blog Nas entrelinhas da política, respondendo temas polêmicos sobre a impugnação de sua candidatura e atrito com o deputado federal Francischini do PSL.

A entrevista foi realizada pela Denise de Souza, coord. do MBL, nos estúdios Onix.

O candidato respondeu às seguintes perguntas:

1. É a favor do Escola Sem Partido? Assinaria a lei?

2. Qto as denúncias a respeito dos pedágio que providências o sr. adotaria? Pensa em estatizar?

3. A atual governadora propôs a suspensão das cobranças do pedágio, o sr acha que o caminho da estatização ou encampamento do serviço de pedágio é a melhor solução?

4. Qto aos servidores públicos, em especial os professores que quase todo ano entram em greve, como o sr. poderia dialogar com essa classe a fim de evitar novos motins sem que, contudo, aumente a despesa do estado?

5. O sr pensa em fazer uma reforma da previdência do servidor público estadual ?

6. O sr é contra o aborto?

7. O sr é contra o porte de arma?

8. O sr é o candidato do Bolsonaro ou é o Ratinho? Qual foi o problema que surgiu em sua candidatura? O deputado Francischini está apoiando o Ratinho ou o sr?

9. Caso o sr se eleja como será a sua relação com o PSL, e em especial o deputado Francischini? Ele teria espaço em seu governo?

10. Com relação ao senado, como o sr enxergar a ausência de lançamento de candidato pelo PSL ?

11. Quanto a política nacional, qual o prognóstico que o sr faz com relação ao primeiro turno para a presidência da República?

Segue link com o vídeo da entrevista: Entrevista Ogier Buchi

Segue áudio da entrevista:









ENTREVISTA EXCLUSIVA COM O CANDIDATO ALEX CANZIANI DO PTB

No dia 20 de setembro de 2018, o candidato ao cargo de senador do Paraná, deputado federal Alex Canziani do PTB, concedeu entrevista exclusiva para a página Nas entrelinhas da política, apresentando seus projetos e informando o que o levou a concorrer para o senado federal.

A entrevista foi realizada pela Denise de Souza, coord. do MBL. Em suma, o candidato Alex Canziane declarou ser a favor da reforma da previdência, da redução dos partidos políticos e pela indicação qualitativa ao serviço público por meio de concurso.

Segue link com a entrevista: Entrevista Alex Canziani


sábado, 29 de setembro de 2018

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM O CANDIDATO ORIOVISTO DO PODEMOS

No dia 20 de setembro de 2018 o candidato ao senado, Oriovisto Guimarães, do Podemos, concedeu entrevista exclusiva a jornalista Denise de Souza da qual respondeu várias questões polêmicas, entre elas sua posição sobre a ideologia de gênero, política econômica liberal e suposta proximidade com Lula.

O candidato que é fundador do grupo Positivo, uma das maiores empresas do ramo educacional e  do setor de tecnologia, começou a entrevista narrando um pouco sobre sua história e explicou o que o motivou a entrar no mundo político para concorrer ao senado.

Além disso, o candidato criticou a postura do Álvaro Dias, candidato a presidência do Podemos, que horas antes havia feito uma declaração polêmica criticando duramente o candidato Jair Bolsonaro do PSL.

Por fim, o candidato explicou ser boato a história que ele teria ligação com o Lula, mostrando ele ter uma forte resistência ao petismo e que é a favor da prisão do Lula.




segunda-feira, 3 de setembro de 2018

CINZAS DE UMA HISTÓRIA, UM RETRATO SOBRE O BRASIL DE HOJE

Dia 2 de setembro de 1822, dia que Maria Leopoldina, esposa de D. Pedro I, considerada a principal articuladora da independência do Brasil,convocou uma sessão extraordinária do Conselho de Estado e decidiu a separação definitiva entre Brasil e Portugal. Nesse mesmo dia em 2018, a casa dela, a história da família real e a nossa história como nação brasileira pegam fogo. O Palácio Imperial – ou Palácio de São Cristóvão, conhecido como Museu Nacional – com um dos maiores acervos culturais do mundo, como uma homenagem a tudo aquilo que representou o último imperador D. Pedro II, um notável erudito e investidor da alta cultura e da ciência, vira cinzas como reflexo de nossa cultura e política atuais.

Poucos devem saber e compreender a importância da família real e de D. Pedro II para nós e o mundo, menos ainda, o que demos em troca a eles.

Voltando para dois séculos atrás, temos um país colônia, sem autonomia política, mas com advento da expansão napoleônica e aliança de longa data dos portugueses com Reino Unido sendo mantida – inimigos comerciais de Napoleão –, a família real precisou transferir sua monarquia de Lisboa para Rio de Janeiro quando soube que essa aliança faria Portugal ser invadido pelos franceses. A partir deste evento a história do Brasil não seria mais a mesma.

Com a chegada da família real no Brasil, em 1807, foram criadas a Academia da Marinha, a Academia Militar, o Jardim Botânico; D. João abriu a Imprensa Régia – de onde surgiu a Gazeta do Rio de Janeiro; a Real Biblioteca de Portugal foi transferida integralmente de Lisboa para Rio de Janeiro, em 1810, com um acervo inicial de 60 mil volumes, sendo a base para atual Biblioteca Nacional; em 1813, foi fundado o Real Teatro São João, o que é atualmente o Teatro João Caetano. Além disso, o comércio e todos os mais variados setores passariam por uma mudança drasticamente positiva.

Com o fim das guerras napoleônicas a família real poderia ter voltado a Portugal, mas continuou e com o apoio comercial dos ingleses colaborou que Portugal perdesse monopólio sobre o Brasil.

Devido a um Revolução Liberal do Porto, o D. João VI precisou retornar a Portugal, e, com isso, ocorre no dia 7 de setembro de 1822 a independência do Brasil com D. Pedro I, o imperador. O deputado provincial Joaquim Gonçalves Ledo conhecido pela sua reivindicação de uma constituição de governo liberal e contra os interesses das dinastias portuguesas, publicou um artigo sobre o Brasil ser um Império:

Mas o Brasil seria Reino ou Império? E em que repousaria a autoridade do monarca? Apenas no consentimento da nação ou também em direitos preexistentes como príncipe herdeiro do antigo Reino de Portugal e Algarves? Mais de forma do que de fundo, era o primeiro problema, e não houve ao cabo maiores divergências a respeito. D. Pedro seria imperador, e não rei; o Brasil seria Império, e não Reino. Dom João 6º, ao chegar por aqui, já aludira ao Império que viera fundar. O conceito de Império, por vários motivos, entre os quais avultava a extensão territorial, melhor se ajustava ao novo país. Do Amazonas ao Prata, não retumba outro eco que não seja o da Independência.

Dando um salto na história temos a figura de D. Pedro II, que, em 1870, fora um dos poucos assumir repúdio a escravidão, dizendo ser “uma vergonha nacional”[1], sem nunca ter possuído escravos[2]. Reconhecendo que a abolição da escravidão atingiria a todas as camadas da sociedade, dos ricos aos mais pobres, pretendeu fazer a mudança gradativamente[3]para não quebrar a economia da nação, por esse ato perdeu popularidade e respeito político. Apesar do que muitos imaginam, o imperador não tinha direito constitucional para intervir e abolir sozinho a escravidão[4], precisando de apoio político para tal, sendo que seus opositores frequentemente diziam que “a abolição era seu desejo pessoal e não o desejo da nação”[5]. Após um tempo conseguiu ser decretada a lei “Lei do Ventre Livre” em 28 de setembro de 1871, sob a qual todas crianças nascidas de mulheres escravas posterior àquela data eram consideradas livres.

Nosso último imperador também era um amante das letras, dominando várias línguas como latim, francês, alemão, inglês, italiano, espanhol, grego, árabe, hebraico, sânscrito, chinês, provençal, tupi, além da própria língua.Erudito que foi, dominava praticamente todas as áreas do saber, tornando-se membro daRoyal Society, Academia de Ciências da Rússia,das Reais Academias de Ciências e Artes da Bélgicae da Sociedade Geográfica Americana. Em 1875 foi eleito membro da AcadémiedesSciences francesa, uma honra dada anteriormente a somente dois outros chefes de estado: Pedro, o Grande e Napoleão Bonaparte[6]. Foi um dos maiores responsáveis pelo reconhecimento da tecnologia do telefone, criação de Graham Bell, financiando o projeto e trazendo para o Brasil como o segundo país do mundo a ter telefone[7]. O histórico das benfeitorias de D. Pedro II e de seu reconhecimento no mundo é vasto, mas era importante pincelar algumas coisas que ele fez.

Apesar disso tudo, a família real, que trouxe honra, cultura e autonomia para este país, sofre do único e verdadeiro golpe na história de nosso país independente, o golpe republicano que teve apoio dos ex-donos de escravos e de positivistas de baixa e média patente do exército[8], tendo que fugir do Brasil em exílio.

No Brasil República, seus bens foram tomados, sua história foi destruída,inventaram mentiras sobre para enobrecer a tomada política dos republicanos e acreditarmos que avançamos de um período negro do nosso passado. Ainda hoje, os herdeiros da família real brigam pelos direitos de posse do Palácio Guanabara, desde 1895, sendo o processo mais antigo em andamento no Brasil[9].

Hoje, dia 3, tivemos várias declarações de ódio na internet de estudantes a profissionais de diversas áreas demonstrando alegria e satisfação pelas cinzas do Museu Nacional, pois era satisfatório ver toda uma história de uma família opressora e escravagista, responsável pela nossa pobreza intelectual, social e econômica, ser destruída com devastador incêndio. E, aqui, vemos o quanto o Republicanismo deu certo: conseguiram alienar o povo de tal forma que não percebem a injustiça em seus julgamentos sobre o que a família real representou para nós.

A nossa perda é irreparável. Nosso descaso com política e cultura permitiu que a propriedade da família real chegasse onde chegou, não somente, mas perdemos também uma vasta parcela de materiais históricos do mundo todo, de relíquias a fósseis, nada disso poderá ser recuperado, nada refeito.

Temos políticos se promovendo no meio desse desastre, alguns culpam a PEC do Teto dos Gastos Públicos, outros culpam Temer, mas esse descaso com a nossa história já vinha desde o surgimento do Republicanismo, com os governos democráticos – aqueles após o regime militar –, apenas vieram para intensificar esse desrespeito com o que tivemos de melhor. O nosso atual reitor da UFRJ, Roberto Leher, é o diretor do Museu Nacional, um dos fundadores do partido PSOL, em sua gestão é o terceiro caso de incêndio em seu histórico[10], que apoia MST, além de MPF/RJ ter movido ação contra ele por improbidade administrativa[11].

O Museu Nacional precisava de R$ 600 mil para sua manutenção, mas sofreu durante anos uma enorme redução orçamentária gradativa que levou ao fim dele mesmo, mas por que isso, faltava dinheiro nos cofres públicos para arte? Não é necessário pesquisar muito para saber que, muito pelo contrário, os últimos governos investiram pesado em cultura, irei colocar aqui alguns dos gastos orçamentários que nossos impostos foram destinados:

Peça Macaquinhos – pessoas peladas que ficam enfiando dedo nos ânus alheios[12]; lançamento do DVD do MC Guimê pela Lei Rouanet (R$ 516 mil)[13]; Show da Claudia Leitte (mais de um milhão)[14]; Queermuseu – exposição de obras que apresentam profanação, erotismo, transexualidade, pedofilia e zoofilia (R$ 800 mil)[15]; Museu do Lula (R$ 18 milhões)[16]; sem falar das Universidades Públicas estarem sempre de portas abertas para diversas oficinas e apresentações questionáveis como, por exemplo, asOficinas da Siririca[17][18][19], pegação na UEM, “Xereca Satânik”, “Besuntado em dendê” e “Focinheira Humana”[20].

Como vemos aqui, não é falta de dinheiro. Existe uma mobilização pela promoção da baixa cultura, do imoral, da subversão de valores e ideias, da transgressão do que é bom, belo e verdadeiro, do relativismo e enaltecimento do que é feio e ruim. Quando os modernistas descobriram que não eram capazes de fazer algo bom como as obras canônicas, foi mais fácil lutar para que o ruim fosse tão bom quanto, aí temos o retrato de nossa cultura. Nossas pessoas comuns e intelectuais não sabem diferenciar a proporcional diferença de qualidade entre um funk e uma música clássica, entre uma escultura de Davi e uma escultura gigante de nádegas indicada a uma prestigiada premiação[21].

Chegamos numa etapa em que iremos olhar para trás e não encontraremos nada, não saberemos mais do que nos orgulhar, não temos mais boas referências e o cidadão brasileiro cada vez mais se torna um ser bestializado.Apenas nos restaram cinzas, fomos um fogo desbravador que consumiu tudo.

Deixo aqui uma citação do filósofo inglês, Roger Scruton, para encerrar:

Por que a beleza importa? Em qualquer tempo, entre 1750 e 1930, se se pedisse a qualquer pessoa educada para descrever o objetivo da poesia, da arte e da música, eles teriam respondido: a beleza. E se você perguntasse o motivo disto, aprenderia que a beleza é um valor tão importante quanto a verdade e a bondade.
Então, no século XX, a beleza deixou de ser importante. A arte, gradativamente, se focou em perturbar e quebrar tabus morais. Não era beleza, mas originalidade, atingida por quaisquer meios e a qualquer custo moral, que ganhava os prêmios.
Não somente a arte fez um culto à feiúra, como a arquitetura se tornou desalmada e estéril. E não foi somente o nosso entorno físico que se tornou feio: nossa linguagem, música e maneiras, estão ficando cada vez mais rudes, auto centradas e ofensivas, como se a beleza e o bom gosto não tivessem lugar em nossas vidas.
Uma palavra é escrita em letras garrafais em todas estas coisas feias, e a palavra é: EGOÍSMO. "Meus lucros", "meus desejos", "meus prazeres". E a arte não tem o que dizer em resposta, apenas: "sim, faça isso"!
Penso que estamos perdendo a beleza e existe o perigo de que, com isso, percamos o sentido da vida.

por André Bruno.





[1]OLIVIERI, Antonio Carlos.Dom Pedro II, Imperador do Brasil. São Paulo: Callis, 1999,p. 44.


[2]BARMAN, Roderick J. CitizenEmperor: Pedro II andtheMakingofBrazil, 1825–1891. Stanford: Stanford University Press, 1999,p. 194.


[3]LYRA, Heitor. História de Dom Pedro II (1825–1891): Fastígio (1870–1880). Belo Horizonte: Itatiai,p. 161.


[4]BARMAN, Roderick J.CitizenEmperor: Pedro II andtheMakingofBrazil, 1825–1891. Stanford: Stanford University Press,1999, p. 224-225.


[5]CARVALHO, José Murilo de. D. Pedro II: ser ou não ser. São Paulo: Companhia das Letras, 2007, p.136.


[6]CARVALHO, José Murilo de. D. Pedro II: ser ou não ser. São Paulo: Companhia das Letras, 2007, p. 172.


[7]Disponível em: https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/almanaque/como-d-pedro-ii-salvou-o-telefone.phtml. Acesso em: 03 set. 2018.


[8]CARVALHO, José Murilo de. D. Pedro II: ser ou não ser. São Paulo: Companhia das Letras, 2007, p. 195.


[9]Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/justica/processo-mais-antigo-em-andamento-no-brasil-e-da-familia-real-em-briga-por-palacio-35qwhd0p2b1oirnymauc0i4ac/. Acesso em: 03 set. 2018.


[10]Disponível em: https://www.boletimdaliberdade.com.br/2018/09/03/incendio-em-museu-da-ufrj-e-o-terceiro-em-gestao-de-fundador-do-psol/. Acesso em: 03 set. 2018.


[11]Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/rodrigo-constantino/artigos/ministerio-publico-pede-punicao-de-reitor-da-ufrj-por-atos-politicos/. Acesso em: 03 set. 2018.


[12]Disponível em: https://odia.ig.com.br/_conteudo/diversao/2015-11-23/grupo-de-teatro-faz-exploracao-anal-em-performance-e-gera-polemica.html. Acesso em: 03 set. 2018.


[13]Disponível em: https://vejasp.abril.com.br/cultura-lazer/mc-guime-gravacao-dvd-lei-rouanet/. Acesso em: 03 set. 2018.


[14]Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2017/02/1854858-claudia-leitte-nao-devolve-r-12-mi-da-rounet-processo-sera-levado-ao-tcu.shtml. Acesso em: 03 set. 2018.


[15]Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/ideias/seis-coisas-sobre-a-exposicao-no-santander-cultural-bkp74k2jfna9wcwq3ujl8yt40/. Acesso em: 03 set. 2018.


[16]Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-publica/museu-que-contara-inicio-da-trajetoria-de-lula-custara-r-18-milhoes-2lcg2oja13i7nyuew8b5uqyj2/. Acesso em: 03 set. 2018.


[17]Disponível em: http://www.escolasempartido.org/midia-categoria/508-oficina-de-siririca-na-universidade-federal-de-ouro-preto. Acesso em: 03 set. 2018.


[18]Disponível em: https://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/no-amapa-dinheiro-publico-financia-oficina-de-siririca-e-chuca/. Acesso em: 03 set. 2018.


[19]Disponível em: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2018/08/09/com-oficina-de-masturbacao-feminina-e-gaymada-evento-na-faculdade-de-medicina-da-usp-causa-polemica.ghtml. Acesso em: 03 set. 2018.


[20]Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/educacao/seis-cenas-peculiares-que-aconteceram-em-universidades-publicas-brasileiras-br4csifdjnqafjhjeacu1dmjt/. Acesso em: 03 set. 2018.


[21]Disponível em: https://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/entretenimento/2016/10/09/idade-do-bumbum-a-obsessao-da-musica-e-das-artes-plasticas-com-nadegas.htm. Acesso em: 03 set. 2018.